BICHECTOMIA OU EXTRAÇÃO DAS BOLAS DE BICHAT

Bichectomia ou Extração das Bolas de Bichat

cirurgia de bichectomia neom-rb

 

 

Bichectomia significa a retirada da Bola Gordurosa de Bichat.

Bola de Bichat é uma estrutura anatômica e ganhou esse nome devido ao anatomista que a descobriu, o francês Xavier Bichat, nascido em 1771.   Essa Bola Gordurosa situa-se entre dois músculos da face (masseter e bucinador) e sua localização anatômica abaixo das bochechas deixa o rosto mais arredondado e com aspecto infantilizado, além de ser a principal responsável em fazer volume para o lado interno da boca, o que leva as pessoas a morder em suas próprias bochechas causando desconforto e lesões.

A cirurgia de Bichectomia é uma cirurgia estético funcional que mesmo realizada por indicação funcional, pois diminui o volume interno das bochecha livrando o paciente do ato de se morder.  Tem como conseqüência estética da remoção da Bola de Bichat o afinamento da face.

A indicação da bichectomia é primordialmente funcional.

O procedimento cirúrgico deve ser realizado após a avaliação precisa do paciente, anamneses detalhadas e análise dos fatores que indiquem o procedimento.  É feita uma incisão pequena na região interna da bochecha a partir de uma técnica especializada, que leva a delicada remoção da estrutura, e então são dados alguns pontos de sutura.

O tempo de procedimento é de 30 a 45 minutos, e o paciente deve permanecer em repouso com os devidos cuidados do pós operatórios por no mínimo 3 a 5 dias. Além disso, medicações e terapias acessórias são aplicadas até que o processo final de cicatrização aconteça, o que ocorre em media em 15 dias.

Os resultados estético funcionais aparecem após 3 meses, onde o paciente não efetua mais a mordedura das bochechas pois tem seu rosto mais fino pela excisão da estrutura gordurosa.

A Bola Adiposa de Bichat não volta a aparecer, pois sua origem vem desde o nascimento, e uma vez que não a utilizamos após a amamentação e não tendo função nos adultos, uma vez removida, não recidiva e não volta a se formar.

Informações: www.neom-rb.com.br

DRA. KATIA RODRIGUES ONOFRE LIBORIO
CIRURGIA DENTISTA – CROSP 80833
ESPECIALISTA EM IMPLANTODONTIA
HARMONIZAÇÃO OROFACIAL
PROFESSORA EQUIPE L&F
Membra e Professora da SBTI (Sociedade Brasileira de Toxina Botulinica e Implantes Faciais)

Comments

comments

Continue Reading

Você pratica Endomarketing em seu consultório?

endomarketing neom-rb

Dentro dos 4 p´s  do Marketing (produto, preço, praça e promoção), você encontra o Endomarketing que surge através da promoção. Mas o que seria o Endomarketing?

Endo significa para dentro e o marketing é posicionamento, estudo do mercado competitivo. É bem simples: trata-se de comunicação interna junto às equipes de trabalho. Tem como função manter os funcionários cientes das ações que estão sendo realizadas no consultório, tais como planejamento, objetivos, divulgação e promoção. O Endomarketing desenvolve-se um ambiente motivador que estimula um atendimento de excelência e participativo, onde o funcionário se sente importante nos processos que estão sendo implantados.

Veja algumas dicas de como você pode aplicar o Endomarketing dentro do consultório com baixo custo:

1- Fortalecer os valores do seu consultório de forma criativa:  Espalhe frases criativas, quadros, flores na recepção, nas janelas, no espaço de refeição e aromatizadores nos banheiros. Extermine aqueles avisos no refeitório  “limpe o que sujar, aqui não é sua casa” ou qualquer aviso que tenha o tom agressivo. Transforme esses avisos em dicas bem humoradas e amigáveis, por exemplo ” Por gentileza mantenha a cozinha organizada” ou ” Por favor, mantenha a pia limpa. Tenha um bom trabalho após sua refeição”. Aproxime-se de seus colaboradores internos e faça com que eles sintam-se realmente parte de tudo. Convide-os a conhecer e viver esses valores por mais simples que eles sejam.

2-Transformar seu ambiente de trabalho em harmonia: Chame sempre seu funcionário pelo nome, não invente apelidos e não o ofenda  nunca, diga sempre palavras mágicas: por favor e obrigado, bom dia, boa tarde e boa noite. Estas palavras são sempre bem vindas. Converse com ele para investir em algum estudo, o aperfeiçoamento é o melhor caminho de todos, não faça diferença de um funcionário para o outro, por exemplo, a recepcionista é tão importante quanto a auxiliar de limpeza. Lembre-se que os aniversários são datas especiais, isso é muito importante.  Sempre escute seu colaborador interno, ele sempre pode te ajudar a tomar decisões certas para seu consultório.  Se a equipe do consultório (ASB, TSB, atendente, recepcionista, TPD, dentistas e outros)  tem compromisso com a qualidade dos serviços prestados  e a lealdade na realização destes, certamente desenvolverá relações com harmonia e comprometimento que resultarão no fortalecimento da imagem do consultório junto ao paciente.

Comunicação interna: O seu colaborador interno é seu parceiro, quanto mais bem informado ele estiver, mais envolvido com o consultório ele vai estar.  Assim, ele sabendo o que seu trabalho representa no todo e qual a importância das tarefas que ele realiza o desempenhará com mais eficácia. Temos algumas dicas simples para manter a comunicação interna de uma forma fácil em seu consultório. O uso da Intranet, seria a rede social interna, como softer para o uso de marcação de consultas, assim você e seu colaborador nunca vão se perder em relação à agenda ou recebimento de pacientes. O uso do email interno também é importante e fácil de coordenar. O uso deste permite que tenha sempre em mãos todo o seu histórico de conversas a partir de sua instalação, independente do tempo que sua empresa permaneça usando o serviço. O quadro de avisos é bem interessante também, podendo ser colocado em áreas estratégicas. O mural é ótimo para funcionários que ainda não viram os e-mails e que não tiveram tempo de ler os comunicados.

Um dos facilitadores do endomarketing é a comunicação interna, que exerce as funções de reduzir os atritos, desenvolver harmonia, criar transparência e despertar espírito de equipe, em que cada um reconhece suas responsabilidades sobre as tarefas, melhorando a produtividade. O seus colaboradores internos são peças chave fundamentais para que seu consultório funcione com credibilidade. Vamos fazer com que todos se sintam bem e trabalhem com eficiência, afinal eles passam mais tempo com você do que em sua própria casa.

 

Isabella Guimarães de Lima
Assistente de Marketing Neom-RB
Especialista em Comunicação em Marketing

Clique aqui para acessar o site da NEOM-RB

 

Comments

comments

Continue Reading

Toxina Botulínica – o que o Dentista pode fazer?

   Segundo o Código de Ética do CFO – Conselho Federal de Odontologia, são atribuições do Cirurgião Dentista: “Diagnosticar, planejar e executar tratamentos, com liberdade de convicção, nos limites de suas atribuições, observados o estado atual da ciência e sua dignidade profissional. As áreas de atuação do CD são a cavidade da boca e face.”  Assim, o Cirurgião Dentista tem amparo legal para trabalhar com a Toxina dentro das suas atribuições profissionais.

Botox

As indicações na odontologia são:

  1. Correção do sorriso gengival – Para quem busca um sorriso perfeito, a Toxina pode ajudar. Pacientes que ao sorrir mostram a gengiva em excesso – chamada sorriso gengival – podem fugir da cirurgia em alguns casos. Com uma pequena aplicação de cada lado da face, o músculo responsável por tracionar o lábio superior para cima e, consequentemente expor a gengiva em demasia, recebe um bloqueio químico e tem sua atividade diminuída. A melhora do quadro é significativa e não há perda de sensibilidade no lábio superior, nem a sensação de face paralisada.
  2. Correção de sorrisos assimétricos –  Uma simples aplicação do medicamento normaliza gradativamente sorrisos que elevam mais um lado do lábio superior do que o outro – o sorriso torto.
  3. Dores orofaciais ligados à hiperatividade dos músculos da mastigação (incluindo dores de cabeça): causadas ou agravadas pelos músculos da mastigação podem ser controladas com o uso desse medicamento.
  4. Disfunções de ATM/ Bruxismo:
    1. Controle do Bruxismo do Sono (apertamento e ranger dos dentes dormindo)
    2. Controle do Bruxismo em Vigília (apertamento e ranger dos dentes acordado)
    3. Quando essas condições passam a trazer prejuízo para a musculatura da face ou para os dentes, é possível controlá-la com a Toxina.
  5. Assimetria de face –  Alguns pacientes podem apresentar o músculo masseter hipertrofiado, ou seja, ele pode ganhar volume de maneira exagerada. Quando isso ocorre de um só lado, ocorre uma assimetria de rosto. Quando ocorre dos dois lados, fica a aparência de um rosto extremamente largo e muito quadrado. A Toxina corrige essas situações.
  6. Controle da sialorréia (aumento da secreção salivar) – A Toxina ajuda a controlar a salivação excessiva, que pode ocorrer em várias situações diferentes, como por exemplo, em portadores de esclerose lateral amiotrófica e durante crises de epilepsia.

 

 

A aplicação de toxina botulínica é um tratamento feito através da aplicação da toxina botulínica. O procedimento é rápido, praticamente indolor e dispensa internação e afastamento das atividades de rotina. As contraindicações ficam restritas somente à pacientes grávidas ou portadores de doenças neurodegenerativas.
A ação da Toxina Botulínica:
A ação da toxina botulínica é localizada e inicia-se 48 horas após sua aplicação, atingindo o resultado máximo em 15 dias. O efeito permanece por 4 a 6 meses. Após esse período, o músculo volta gradativamente à sua contração normal, podendo o paciente fazer uma nova aplicação da substância.
Por possuir conhecimento sobre as estruturas de cabeça e pescoço cirurgião-dentista pode tratar certas afecções da face e da cavidade oral de forma conservadora e segura com a aplicação da toxina botulínica, desde que possua treinamento específico e conhecimento sobre sua utilização e não extrapole suas funções.
O procedimento é seguro e não há nenhum comprometimento motor da boca. É um tratamento simples, eficiente, feito em sessão única, com alto grau de satisfação dos pacientes.

 

A Toxina Botulínica é uma neurotoxina extremamente ativa, produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum e apesar de ser amplamente conhecida por sua utilização cosmética em injeções intramusculares para a redução de rugas faciais, a sua principal aplicação é voltada ao uso terapêutico. Sua atuação se dá por meio do bloqueio de um neurotransmissor em nível celular, que impede a contração muscular. Esse efeito começa a ser observado no segundo dia e aumenta até o 140 dia, quando se pode observar o ápice do resultado clínico. Embora o Botox, seja a marca comercial mais conhecida, existem diversas outras disponíveis no mercado, como: Dysport, Prosigne, Xeomin e Botulift.

Cuide da sua pele, cuide da sua saúde!

 

Dra Thais Rocha

 

 

 

 -Dra Thais Rocha  CRO: 81067 SP
Especialista em Ortodontia- IMPG Alfenas, MG

MBA Gestão em Marketing- FGV, SP

Mestrado em Ortodontia- FHO, Araras, SP

Certificada pela internacional Surgical Anatomy Course Miami-EUA

Coordenadora no Curso de Toxina e Preenchimento MOA, Medicina Odontologia Avançada

 

visite nosso site www.neom-rb.com.br

Comments

comments

Continue Reading

Pode ocorrer rejeição em implantes?

Existe rejeição de implantes?

 

 

Muitos pacientes perguntam se pode ocorrer rejeição de um implante. 

A perda de um implante significa que ele não se integrou ao osso corretamente, ou que essa osseointegração foi perdida depois de algum tempo.

O implante odontológico é feito de titânio que é um metal que não sofre corrosão quando inserido no corpo humano e não apresenta fenômenos de rejeição imunológica. O nome  REJEIÇÃO é utilizado quando o sistema imunológico identifica um corpo estranho e tenta destruí-lo ou removê-lo do corpo para defender a integridade do indivíduo.

Por isso quando usamos um implante fabricado com o material correto, ele poderá ser perdido, porém por outras causas, mas não a rejeição.

As perdas podem ocorrer por motivos isolados ou em conjunto.

Podemos citar alguns fatores mais comuns, como:

-Sobrecarga de força sobre o implante,

– Infecção ao redor do implante,

-Fixação insatisfatória do implante no osso no momento da instalação,

-Técnica cirúrgica inadequada,

-Qualidade dos implantes,

-Quebra da cadeia asséptica do campo cirúrgico.

O sucesso da técnica é devido a um bom conjunto de fatores e estas características do titânio sem dúvida são positivas, mas por si não garantiriam o sucesso do procedimento.

O sucesso depende:

– Do bom planejamento do caso,

-Da técnica cirúrgica empregada. Um profissional competente e bem treinado na técnica pode alcançar excelentes resultados.

Alguns detalhes a se preocupar após a instalação dos implantes:

– Não é normal haver dor na região do implante. É importante o paciente identificar se a dor é gengival resultante da injúria cirúrgica.

– Não é normal haver mobilidade do implante. Pode ser sinais de falta de osseointegração .

-Secreções não são normais ao redor da área dos implantes.

– Em situações onde o implante fica próximo do feixe nervoso, pode ocorrer Hiperestesia (aumento da sensibilidade ) ou Parestesia. (perda da sensibilidade),que muitas vezes é reversível.

– Se ocorrer a falha da osseointegração  do implante poderemos realizar a remoção desse implante e esperarmos um prazo de 2 a 3 meses para realizarmos novo procedimento para instalação de novo implante. Ou realizarmos a instalação imediata, usando um implante de diâmetro e/ou tamanho maior.

– A carga imediata (colocação da prótese imediatamente sobre o implante) sempre gera mais chance de insucesso do que em um procedimento de carga tardia.
Enfim, NÃO HÁ REJEIÇÃO DE IMPLANTES DENTÁRIOS.

 

Marcelo Jose Bellintani Fontana.   CROSP. 26.925

Comments

comments

Continue Reading

Saiba como aplicar o neuromarketing em seu consultório – Parte 2

Saiba como aplicar o neuromarketing em seu consultório – Parte 2

blog artigo Isabella

Conheça as vantagens da aplicação desta ciência em seu ambiente de trabalho

Para quem trabalha na área da saúde, entender como funciona a mente do paciente

é fundamental para que o mesmo esteja receptivo aos serviços oferecidos no consultório. Para isso, o neuromarketing é fundamental para atrair e fidelizar pacientes.

leia a primeira parte desse artigo publicado há duas semanas http://www.neom-rb.com.br/blog/?p=252

Continuação:

Marketing Sensorial

Esta estratégia de mercado está relacionada com os cinco sentidos do ser humano: visão, olfato, audição, tato e paladar, e faz parte de neuromarketing. Para os profissionais da saúde existem algumas dicas que podem auxiliar na aplicação em consultórios ou demais ambientes de recepção e atendimento ao paciente.

 

1- Visão:

  • Recepção: não aceite pó, riscos ou marcas de envelhecimento nos móveis que estão reluzentes;
  • Invista em um bom projeto de iluminação para que o paciente perceba a harmonia e limpeza do ambiente;
  • Coloque quadro e flores na recepção;
  • Não coloque relógio a vista, afim de que o paciente não tenha pressa de sair do consultório;
  • Coloque uma televisão na recepção, que transmita propagandas do seu consultório a fim de que se transmita a visão, missão e valores e responsabilidade dos proprietários.

A recepção deve ser considerada o cartão de visita da empresa, pois é ali que o cliente terá a primeira impressão da instituição. Decore seu consultório de acordo com a especialidade oferecida, invista no local para que o mesmo seja um ambiente agradável para os frequentadores. Coloque revistas disponíveis na recepção e na sala de espera é uma boa opção para que o paciente se sinta bem enquanto aproveita para ter um momento de boa leitura enquanto aguada.

2- Audição

  • Capacite os seus colaboradores a fim de que todos entendam a importância de um atendimento de qualidade, onde a simpatia, atenção e pró-atividade e gentileza são pontos fortes precisam ser demonstrados;

 

  • Atente-se para que nenhum colaborador faça suas refeições na recepção. Zelar pela organização e limpeza de seu ambiente de trabalho e ser sempre cordial é imprescindível.

 

2.1 – Orçamento:

  • Não deixe seu paciente pensar muito, na hora do orçamento utilize palavras simples mostrando de forma fácil e simplificada o que ele quer saber, não deixe dúvidas sobre o que lhe foi passado. Caso deixe o sistema límbico ele não aceitará. Ou seja: ele não irá adquirir o serviço;
  • Nunca reduza o preço na primeira reclamação do paciente. Muitos profissionais não sentem confiança quando passam o valor cobrado do tratamento e no primeiro questionamento do paciente já diminuem o preço. Isso pode mostrar que você é inseguro. Caso aconteça, facilite a forma de pagamento.

3- Olfato

Instigar o marketing olfativo de seu paciente é fundamental para o mesmo se sinta a vontade no local, bem como na hora da tomada de decisão.

  • Desenvolva um aroma suave e agradável, exclusivo de sua clinica. Invista em aromas que podem ser usadas na recepção e banheiros, por exemplo: Hoje existem diversas empresas especializadas em desenvolver aromas personalizados.

 

  • Mantenha sempre limpo o ambiente do consultório. Monitore salas, banheiros, recepção e demais ambientes para evirar eventualidades. Não use produtos com odor muito forte, é importante que o paciente entre no local e perceba a limpeza.

 

4- Paladar

  • É importante colocar a disposição de seus pacientes, um espaço onde ele possa se servir de água sem gelo e gelada, chá ou café enquanto aguarda o atendimento. O paladar está ligado de maneira direta ao afeto. Isso acontece porque desde quando éramos recém-nascidos criamos um vínculo afetivo com aqueles que nos alimentaram.

5- Tato

  • Se alguém deixa de estender a mão para cumprimentar um visitante, tal atitude é considerada como falta de gentileza e educação. Se a pessoa estende a mão, mas não possui um “bom aperto”, uma imagem negativa é transmitida o que em alguns casos pode impactar na conversa ou reunião. Um aperto de mão fraco transmite a ideia insegurança e desinteresse. O firme indica confiança, segurança e interesse pelo outro e deve ser usado no primeiro contato do dentista com o paciente.
  • Deixe em sua recepção álcool em gel para o paciente usar assim que chegara seu consultório. É muito importante que ele sinta as mãos limpas. Além disso, coloque um sabonete sedoso de preferência em forma de espuma que deixe as mãos hidratadas. Mão limpa e hidratada exerce função de proteção e evita a entrada de micro-organismos que podem trazer infecções para seu consultório.

 

Para atingir a excelência não podemos continuar sempre fazendo as mesmas coisas esperando resultados diferentes.

É importante saber que o próprio dentista pode aplicar o neuromarketing em sua clínica de uma forma simples e criativa conforme foi apresentado no texto.

 

Isabella Guimarães de Lima
Assistente de Marketing Neom-RB
Especialista em Comunicação em Marketing

Clique aqui para acessar o site da NEOM-RB

Comments

comments

Continue Reading

Saiba como aplicar o neuromarketing em seu consultório

Conheça as vantagens da aplicação desta ciência em seu ambiente de trabalhoblog artigo Isabella

Para quem trabalha na área da saúde, entender como funciona a mente do paciente é fundamental para que o mesmo esteja receptivo aos serviços oferecidos no consultório. Para isso, o neuromarketing é fundamental para atrair e fidelizar pacientes.

Para entender melhor, o cérebro humano está dividido em três sistemas. Um deles, denominado cérebro triuno que é essencial para a aplicação desta ciência em seu consultório. Esta parte do cérebro esta dividida em três subsistemas chamados de reptiliano, límbico e neocórtex.

São eles:

  • Reptiliano: sistema primitivo que se aproxima com os existentes em animais, pois é focado na sobrevivência. Nele está presente a nossa agressividade.
  • Límbico: focado na emoção e sentimentos. Está ligados às principais emoções do ser humano como a alegria, tristeza, surpresa, nojo, medo, raiva e etc.
  • Neocórtex: parte racional do cérebro, responsável pela lógica das ações.

Segundo Philip Kotler por meio de estudos ao neuromarketing, é possível identificar que 95% de decisões são inconscientes ou emocionais e apenas 5% da tomada de decisão são racionais.

Algumas técnicas da área da publicidade demonstram exemplos da aplicação do neuromarketing no mercado com base na psicologia, como por exemplo, as lojas de roupas, que mantêm o ar-condicionado em uma temperatura mais elevada durante o inverno, para que o cliente tenha a sensação de que o tempo está ainda mais frio e, com isso, convencê-lo a comprar agasalhos. Além disso, existem lanchonetes que borrifam aroma de bacon em seu ambiente para aguçar o paladar dos clientes, tudo isso para que o mesmo esteja receptivo aos produtos e serviços oferecidos no local e influenciar na hora da compra.

É importante enfatizar que o neuromarketing no seu consultório não serve para enganar o paciente, mas sim deixa-lo mais suscetível ao tratamento que ele próprio veio procurar.

 

Marketing Sensorial

Esta estratégia de mercado está relacionada com os cinco sentidos do ser humano: visão, olfato, audição, tato e paladar, e faz parte de neuromarketing. Para os profissionais da saúde existem algumas dicas que podem auxiliar na aplicação em consultórios ou demais ambientes de recepção e atendimento ao paciente.

1- Visão:

  • Recepção: não aceite pó, riscos ou marcas de envelhecimento nos móveis que estão reluzentes;
  • Invista em um bom projeto de iluminação para que o paciente perceba a harmonia e limpeza do ambiente;
  • Coloque quadro e flores na recepção

 

Isabella Guimarães de Lima
Assistente de Marketing Neom-RB
Especialista em Comunicação em Marketing

 

O artigo continua na próxima edição do blog:  http://www.neom-rb.com.br/blog/?p=263

 

Comments

comments

Continue Reading

Coleta de células tronco em dente decíduo: O papel do Dentista

celula tronco dente decíduo

Célula-tronco é uma célula capaz de se autorrenovar e de se transformar em vários tipos de células que formam os diferentes tecidos do corpo humano. Por esta razão, estas células são capazes de regenerar órgãos e tecidos lesionados, promovendo a recuperação dos mesmos.

O uso terapêutico dessas células promete maior longevidade com qualidade de vida e por conta disso vem sendo muito estudado em centros de pesquisa de todo mundo.

Vários locais do corpo apresentam estas células, inclusive os dentes decíduos, que têm a vantagem de em uma determinada idade ser facilmente obtidos e acondicionados.

As células tronco mesenquimais da polpa do dente de leite são células jovens e apresentam grande potencial de proliferação. Também atuam na regeneração de tecidos danificados e são capazes de se transformar primordialmente em osso, gordura, tendão, cartilagem e músculo.

A coleta é feita de  forma natural durante o período de troca dos dentes (5 a 12 anos) e estas células  uma vez coletadas são armazenadas em tanques de nitrogênio líquido a -196°C, podendo permanecer assim por tempo indeterminado.

Entretanto esta coleta deve ser realizada por um dentista devidamente habilitado para tal, pois a contaminação da polpa pode levar a perda das células desejadas. É um procedimento simples e realizado no próprio consultório odontológico.

A coleta é feita a partir de um único dente com mobilidade: o dente é extraído e colocado em um tubo próprio e enviado ao Centro de Criogenia.

Atualmente, mais de 400 ensaios clínicos estão sendo realizados em todo o mundo com estas células de origem dental, estes estudos em andamento são bastante promissores.

Infelizmente os tratamentos com células tronco no Brasil ainda não são regulamentados.    Aberturas da ANVISA e do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA permitem que em casos isolados sejam autorizados através de “USO COMPASSIVO”, ou seja, casos sem esperança de tratamento convencional.

Nestes casos de uso compassivo, existem pacientes que com poucos meses de tratamento obtiveram respostas extraordinárias.

 

Por que realizar a coleta da polpa de dente decíduo?

  • As células são imuno compatíveis, ou seja, podem servir não só para a criança, mas também a toda família.
  • São ideais para futuros tratamentos de doenças autoimunes: artrite reumatoide, lúpus, esclerose múltipla, miastenia, distrofia muscular esclerose lateral amiotrófica.
  • Também poderão ser utilizadas para futuros tratamentos de doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson.
  • Doenças relacionadas a degeneração de tecidos também poderão ser beneficiadas, como: diabetes tipo l, insuficiência cardíaca, infarto agudo, derrame, trauma raquimedular, doenças hepáticas, reconstrução de córnea tecidos destruídos por radioterapia ou quimioterapia.

Dra Fabiana Porsani, CROSP: 64 150

Aluna do Curso de Especialização em Ortopedia Funcional dos Maxilares na NEOM-RB.

Fonte: Centro de Criogenia Brasil

Clique aqui para acessar o site da NEOM-RB

Comments

comments

Continue Reading

Robô extraindo dente do siso, modelagem 3d para instalar aparelhos ortodônticos.

robot

Robô extraindo dente do siso, modelagem 3d para instalar aparelhos ortodônticos.

Como o dentista consegue acompanhar tudo isto no dia a dia?

Quando o aparelho fixo pré ajustado (arco reto) começou a ser usado em larga escala muitos colegas dentistas foram resistentes ao seu uso, e muitos com razão, pois um conjunto de braquetes custava algo em torno de algumas centenas de dólares e ficava a impressão que para muitos não teria um retorno satisfatório.

O tempo mostra que a tecnologia eficiente vem para ficar.     Isto acontece com as placas alinhadoras,  sistemas de instrumentação endodôntica mecanizada, com a ortodontia dos auto ligados e certamente com os robôs.

Vejam trecho de uma reportagem a respeito:
“Enquanto isso, organizações de cirurgiões dentistas em outras partes do mundo levantaram preocupações que uma proliferação do “Alla Dente” e robôs semelhantes pode levar ao desaparecimento da profissão, tal como a conhecemos. Na França, um pequeno grupo de dentistas têm pedido medidas ativas contra quem tente substituir odontólogos por robôs.”

”Esta é a nossa vida,” disse um porta-voz do grupo. “Não gostamos da ideia de robôs virem tomar o nosso lugar.”

http://www.obviouslynews.com/breakthrough-wisdom-tooth-extracted-by-a-japanese-robot/

Em se tratando da tecnologia 3d, esta parece que está chegando para ficar.

veja um artigo interessante sobre ortodontia e imagem 3D no link:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/saude/sd0907201003.htm

As impressoras 3D estão ficando cada vez mais baratas e eficientes e novos programas mais fáceis de usar estão surgindo .

Muitas vezes para nós profissionais parece assustadora a ideia de uma mudança tão radical, mas se olharmos com atenção já estamos no meio dela e estamos nos adaptando.

Exemplos simples: programas de gerenciamento de pacientes, Impressoras coloridas de boa resolução, máquinas fotográficas digitais, câmeras intra orais, autoclaves eficientes, …

Qualquer colega que tenha mais de 20 anos de formado ficará chocado ao fazer uma retrospectiva, no entanto sobreviveram a estas mudanças, mesmo com as expectativa dos pacientes se ajustando as novas tecnologias.

Quem melhor vai sobreviver a isto? O mais forte?

O sobrevivente será o que melhor se adaptar, e o segredo sempre está no conhecimento.   Uma busca constante de novas informações e a aplicação cautelosa destes conhecimentos no dia a dia.

Que venham os robôs, nós seremos seus mestres.

Informações sobre cursos de atualização, especialização e avançados na Odontologia: www.neom-rb.com.br

Comments

comments

Continue Reading

A Odontologia e a Apneia do Sono

apneia2

Um terço dos moradores de São Paulo convive com um problema respiratório crônico que prejudica o sono e piora a qualidade de vida: a síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS), uma série de breves interrupções na respiração que levam a microdespertares sem que o indivíduo tenha consciência disso. Quem tem apneia não descansa como deve. Apresentam dores de cabeça, sonolência diurna, irritabilidade, queda de rendimento no trabalho, problemas de memória, risco de infarto, hipertensão e diabetes.

O ronco é importante problema familiar e social que pode levar ao isolamento e ao preconceito. Está associado à Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) e serve de alerta para a sua existência.

A constatação de que um em cada três paulistanos sofre de apneia é um dos resultados impressionantes do levantamento de pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo sobre qualidade do sono dos habitantes da capital paulista.

Os pesquisadores encontraram relação direta entre apneia e excesso de peso, com risco de 2,6 vezes no sobrepeso e 10,5 na obesidade.

Entre os homens a SAOS aumenta com a idade e entre as mulheres, depois da menopausa.

O diagnóstico é feito através da polissonografia realizada em instituto do sono onde o paciente dorme e tem seus dados vitais monitorados.

Entre os tratamentos da SAOS destaca-se o CPAP, uma máscara acoplada a um compressor que injeta ar nos pulmões através do nariz e/ou da boca. Existem também as cirurgias da faringe com uso cada vez mais restrito devido aos baixos índices de sucesso.

A odontologia tem contribuído para o tratamento com cirurgias de avanço da maxila e mandíbula e também com os aparelhos intraorais (AIO) de avanço mandibular utilizados durante o sono. De fácil adaptação, o AIO tem conquistado a preferência dos pacientes.

O CPAP tem sua confecção padronizada; o Aparelho Intra Oral é fruto de experiência clínica de dentistas familiarizados com correção de dentes que observaram redução do ronco no tratamento dos pacientes.

Os modelos desenvolvidos, obedecem ao princípio de avançar a mandíbula levando a língua para frente, impedindo que ela caia na garganta durante o sono e cause obstrução da passagem de ar para os pulmões.

O pouco conhecimento do seu funcionamento no meio médico, ainda constitui importante obstáculo para a ampliação de seu uso.

Por isso, é importante que os dentistas se integrem aos profissionais que tratam a apneia do sono e possam oferecer seus valiosos conhecimentos em benefício do paciente portadores da Sindrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS).

 Os profissionais da Odontologia necessitam de estudos constantes para  ampliar seus conhecimentos na área da fisiologia, do diagnóstico e tratamento desta patologia, pois podem colaborar com o controle desta síndrome com aparelhos leves, confortáveis e eficientes que melhoram a saúde e a qualidade de vida

apneia

Maiores informações clique:  www.neom-rb.com.br

 


Dr. Gerson Paulino Dos Santos

CRO: CRO-SP 32.904
E-mail: gerson@gersonpaulino.com.br
Site: www.gersonpaulino.com.br 
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9497287735668162
Mestrando em Ciência da Saúde   Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares Professor de Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia e Ronco e Apneia do Sono - NEOM-RB e do curso de especialização em Ortopedia Funcional dos Maxilares - Faculdades Facsete / NEOM-RB Professor do curso de especialização em Ortodontia – FACSETE / NEOM-RB

Comments

comments

Continue Reading

IMPLANTES TEM CONTRAINDICAÇÕES?

 

Implantes dentários não tem contraindicação implanteindicações absolutas, mas sim contraindicações temporárias. 

 

Existem três grandes indicações para implantes osseintegrados que são:

 

Aumentar o conforto mastigatório dos pacientes, preservar os dentes naturais, repor estrategicamente dentes perdidos importantes a estética e fonética.

 

Com relação às contraindicações,  pacientes comprometidos sistematicamente e com desordem mentais não são bons candidatos a implantação.

 

Apenas pacientes motivados e cooperativos devem ser considerados para a terapia com implantes, pois pacientes incapazes de manterem uma adequada higienização oral e aqueles com infecção oral persistente,como a doença periodontal, geram uma importante contra indicação, por representarem um alto risco para infecções periimplantares.

 

Para serem indicados ao tratamento com implantes, os pacientes devem ser cooperativos,motivados, não fumantes, livres de hábitos parafuncionais, estarem ciente de todos os procedimentos que eles experimentarão a fim de evitarem-se expectativas irreais, além de terem boa qualidade e quantidade óssea.

 

Comprometimentos sistêmicos maiores, com doenças  renais e hepáticas graves, osteoporose,osteomalacia,radioterapia, entre outras, são alterações que levam à contraindicação medica momentânea do uso de implantes osseointegrados.

 

A idade avançada e o nível diminuído de higiene oral que frequentemente a acompanha não são contraindicações únicas à prescrição para tratamento com osseointegração.

 

Como a cirurgia para instalação de implantes osseointegrado é uma cirurgia eletiva, podemos dizer que não há contraindicação absoluta para o uso desse tratamento.

 

Um bom diálogo entre profissionais, cirurgião dentista e médico, resultará no momento certo para a realização de tal conduta terapêutica sem prejuízo à saúde geral do paciente, devolvendo assim o seu bem estar e conforto mastigatório.

 

 

 

Dr. Marcelo José Bellintani Fontana.  Crosp 26925

 

Mestrando em Implantodontia                SLMandic

 

Especialista em Cirurgia Periodontal.      SLMandic

 

Especialista em Implantodontia.              Ciodonte

 

 www.neom-rb.com.br

 

Comments

comments

Continue Reading