Pode ocorrer rejeição em implantes?

Existe rejeição de implantes?

 

 

Muitos pacientes perguntam se pode ocorrer rejeição de um implante. 

A perda de um implante significa que ele não se integrou ao osso corretamente, ou que essa osseointegração foi perdida depois de algum tempo.

O implante odontológico é feito de titânio que é um metal que não sofre corrosão quando inserido no corpo humano e não apresenta fenômenos de rejeição imunológica. O nome  REJEIÇÃO é utilizado quando o sistema imunológico identifica um corpo estranho e tenta destruí-lo ou removê-lo do corpo para defender a integridade do indivíduo.

Por isso quando usamos um implante fabricado com o material correto, ele poderá ser perdido, porém por outras causas, mas não a rejeição.

As perdas podem ocorrer por motivos isolados ou em conjunto.

Podemos citar alguns fatores mais comuns, como:

-Sobrecarga de força sobre o implante,

– Infecção ao redor do implante,

-Fixação insatisfatória do implante no osso no momento da instalação,

-Técnica cirúrgica inadequada,

-Qualidade dos implantes,

-Quebra da cadeia asséptica do campo cirúrgico.

O sucesso da técnica é devido a um bom conjunto de fatores e estas características do titânio sem dúvida são positivas, mas por si não garantiriam o sucesso do procedimento.

O sucesso depende:

– Do bom planejamento do caso,

-Da técnica cirúrgica empregada. Um profissional competente e bem treinado na técnica pode alcançar excelentes resultados.

Alguns detalhes a se preocupar após a instalação dos implantes:

– Não é normal haver dor na região do implante. É importante o paciente identificar se a dor é gengival resultante da injúria cirúrgica.

– Não é normal haver mobilidade do implante. Pode ser sinais de falta de osseointegração .

-Secreções não são normais ao redor da área dos implantes.

– Em situações onde o implante fica próximo do feixe nervoso, pode ocorrer Hiperestesia (aumento da sensibilidade ) ou Parestesia. (perda da sensibilidade),que muitas vezes é reversível.

– Se ocorrer a falha da osseointegração  do implante poderemos realizar a remoção desse implante e esperarmos um prazo de 2 a 3 meses para realizarmos novo procedimento para instalação de novo implante. Ou realizarmos a instalação imediata, usando um implante de diâmetro e/ou tamanho maior.

– A carga imediata (colocação da prótese imediatamente sobre o implante) sempre gera mais chance de insucesso do que em um procedimento de carga tardia.
Enfim, NÃO HÁ REJEIÇÃO DE IMPLANTES DENTÁRIOS.

 

Marcelo Jose Bellintani Fontana.   CROSP. 26.925