CHUPETA OU DEDO

É extremamente comum ouvir que é preferível que a criança pegue a chupeta ao dedo pois é mais fácil de remover o hábito no futuro.

Não existe nenhum estudo que demonstre ser mais fácil de remover a chupeta que o dedo. Além disso, na minha clínica, não vejo esta relação. Tanto dedo quanto chupeta apresentam o mesmo grau de dificuldade na retirada.

Claro que o uso da chupeta muitas vezes acalma a criança e consegue devolver um pouco de sanidade aos pais quando a criança está em crise, não posso negar este fato.

chupar dedoOutro aspecto é que a chupeta é colocada as pressas na criança quando ela leva a mão na boca, para não pegar o “horroroso” hábito de chupar o dedo.

Mas também não nego que o uso da chupeta é um hábito social, aonde os pais impõem à criança, pois está arraigado na sociedade que chupeta acalma a criança e é bonitinha. Afinal, crianças com chupeta são muito mais fofinhas.

Primeiro é importante entender que a criança, quando aleitada corretamente (entenda-se aleitada corretamente, como aleitamento materno exclusivo até os 6 meses e se possível não exclusivo por até 2 anos, segundo a OMS) tem muito pouca possibilidade de adquirir um habito de sucção não nutritiva. A chance “pegar” o dedo ou a chupeta é muito, mas muito menor.

Porém, existe um aspecto muito interessante poucas vezes observado. Quando o bebe descobre a mão a tendência dele é coloca-la na boca. Isso é uma característica do desenvolvimento infantil, nesta fase tudo que a criança descobre ela leva à boca.

Este mesmo fato vai acontecer com a criança mais velha, na época que irrompe os incisivos. Ela leva a mão na boca, pois a gengiva coça.

Esta característica de por a mão na boca nestes momentos, na sua grande maioria passa. A criança após descobrir a mão, vai retira-la da boca com o tempo até descobrir a próxima novidade e também vai retirar a mão após que erupção dos incisivos. Nesta fase, um mordedor ajuda bastante.

Alguns poucos, muito poucos, podem acabar permanecendo com o dedo na boca e adquirindo o habito de sucção do . É fato, mas pode acontecer com um pequeno grupo.polegar

De um modo geral, PREFIRO INFINITAMENTE O DEDO A CHUPETA. Não gosto do efeito dos dois na boca, acho que ambos deformam as arcadas, podem gerar problemas respiratórios (um dia escrevo sobre isso) e muitas vezes são de difícil remoção.

Entretanto o dedo é mais anatômico, cresce com a criança mantendo a proporcionalidade e o mais importante, a criança pode optar ou não por chupar o dedo, afinal após cada fase ela normalmente retira a mão da boca. A chupeta é sempre imposta pelos pais, sem que a criança tenha opção de querer ou não ter este habito. Vocês ficariam chocados com diminuição da incidência de crianças com hábitos se não fosse ofertado a chupeta.

Entre o dedo e a chupeta, não gosto de nenhum, mas pelo menos o dedo, a criança pode optar, a chupeta não.

 

Dr. Pedro Pileggi Vinha

Foto: Getty Image